27 de novembro de 2017

RIO BRANCO FOOTBALL CLUB

RIO BRANCO FOOTBAL CLUB
Rio Branco Football Club, conhecido por Rio Branco ou Estrelão, e cujo acrônimo é RBFC, é um clube poliesportivo brasileiro, sediado na cidade de Rio Branco, no estado do Acre. Tem como principal modalidade o futebol. As cores do clube - presentes no escudo, uniforme e bandeira oficial - são o vermelho e branco. Seu mascote é a Estrela Altaneira, símbolo da Revolução Acriana, que também está presente na bandeira do Estado do Acre. Suas principais conquistas consistem em 46 títulos do Campeonato Acreano, três Copas da Amazônia e uma Copa Norte, conquistada de forma invicta no ano de 1997. Este último garantiu ao clube uma vaga na Copa Conmebol, tornando-se o primeiro clube da Região Norte do Brasil a disputar uma competição oficial sul-americana.
HISTÓRIA
O Rio Branco foi fundado na noite do dia 8 de junho de 1919, em uma reunião ocorrida no Eden Cine Theatro (no local do Cine Teatro Recreio), na Rua 17 de Novembro no 2° Distrito da cidade de Rio Branco. A reunião foi convocada pelo advogado amazonense Dr. Luiz Mestrinho Filho, o qual estava na cidade para presidir uma comissão de inquérito na Agência dos Correios. Compareceram ao todo 16 pessoas, entre os quais estavam Nathaniel de Albuquerque, Conrado Fleury, José Francisco de Melo, Mário de Oliveira, Luiz Mestrinho Filho, Alfredo Ferreira Gomes, Manoel Vasconcelos, Francisco Lima e Silva, Pedro de Castro Feitosa, Jayme Plácido de Paiva e Melo, que assinaram a primeira ata do clube. No mesmo dia da fundação, foram sugeridos por Luiz Mestrinho o nome do clube (em louvor à cidade e ao Barão do Rio Branco) e as cores vermelho e branco. Como primeiro presidente do Rio Branco, foi escolhido Nathaniel de Albuquerque. Após eleita a primeira diretoria, o clube recebeu a doação de um terreno no local onde hoje está situada a Praça Plácido de Castro, por parte do prefeito, Dr. Augusto Monteiro. O terreno doado consistia em uma área de mata nativa, que em poucos dias foi substituída por um campo de terra batida para, mais tarde, tornar-se a sede social do clube. A primeira partida oficial disputada pelo Rio Branco ocorreu no dia 14 de julho de 1919, com vitória por 5 a 0 sobre o Militar Foot-Ball Club, equipe da Polícia Militar do estado. O primeiro uniforme do Rio Branco era totalmente branco, com uma grande estrela vermelha no local do distintivo da camisa. No dia 18 de julho de 1920, o Rio Branco faria sua primeira partida intermunicipal, com vitória sobre a Seleção de Xapuri pelo placar de 1x0.
PRIMEIROS JOGOS
Em seu primeiro ano de existência, o Rio Branco disputou alguns amistosos e o primeiro torneio da Liga Acreana de Esportes Terrestres (LAET) e venceu todos os jogos, faturando o primeiro título do estado:
09/07/1919 - Rio Branco 10x0 Acreano
09/07/1919 - Rio Branco 2x0 Ypiranga
14/07/1919 - Rio Branco 5x0 Militar
20/07/1919 - Rio Branco 4x0 Militar
01/08/1919 - Rio Branco 4x0 Acreano
06/08/1919 - Rio Branco 2x1 Militar
17/08/1919 - Rio Branco 8x0 Ypiranga
06/09/1919 - Rio Branco 11x1 Team Negra
21/09/1919 - Rio Branco 1x0 Ypiranga
28/09/1919 - Rio Branco 3x0 Acreano
15/09/1919 - Rio Branco 2x0 Combinado Acreano/Ypiranga
14/12/1919 - Rio Branco 2x1 Ypiranga
28/12/1919 - Rio Branco 5x0 Ypiranga
  • Os times existentes à época promoviam diversos amistosos, cultuando uma rivalidade saudável e unia uma frente única para derrotar aquela equipe poderosa no futebol e pela composição de seus membros influentes na vida social, administrativa e política territorial, como advogados, promotores, juízes, desembargadores, médicos, militares, delegados, escritores, altos comerciantes.
FICHA TÉCNICA
Nome: Rio Branco Football Club
Fundação: 08/06/1919
Idade: 98 anos
Cidade: Rio Branco
Estado: Acre
País: Brasil
Estádios: José de Melo e Arena da Floresta;
Capacidades: 6.000 e 20.000 (Respectivamente);
Mascote: Estrelão, Alvirrubro, O mais querido;
Presidente: Lorival Marques
Treinador: René Marques
Patrocinadores: Araújo Supermercados, Auto Posto, Wolrd Fitness e Jorge Cosméticos;
Material Esportivo: Spieler Sports

TÍTULOS
{ 01 } Copa Norte: 1997;
{ 46 } Campeonato Acreano: 1919, 1921, 1928, 1929, 1935, 1936, 1937, 1938, 1939, 1940, 1941, 1943, 1944, 1945, 1946, 1947, 1950, 1951, 1955, 1956, 1957, 1960, 1961, 1962, 1964, 1971, 1973, 1977, 1979, 1983, 1986, 1992, 1994, 1997, 2000, 2002, 2003, 2004, 2005, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2014 e 2015;
{ 15 } Torneio Inicio: 1921, 1922, 1946, 1948, 1950, 1951, 1971, 1982, 1986, 1990, 1995, 1999, 2006, 2007 e 2013;
{ 03 } Torneio Integração da Amazônia: 1976, 1979 e 1984;
{ 04 } Torneio do Povo: 1973, 1984, 1985 e 1987;
{ 02 } Taça Cidade de Rio Branco: 1973 e 1979;    

CURIOSIDADES
  •  Em 1993, após eliminar o Sul América de Manaus na primeira fase da Copa do Brasil, o Rio Branco enfrentou o São Paulo, então campeão do Mundial Interclubes. Na primeira partida da segunda fase da competição, no Estádio José de Melo, o Rio Branco não se intimidou perante o Campeão da América e do Mundo e venceu por 1x0, gol de Vinícius, no segundo tempo. No mesmo ano, o São Paulo conquistava o Bicampeonato da Libertadores e do Mundial. Este confronto entre o Rio Branco e o São Paulo aconteceu dia 20 de abril e os clubes estavam assim escalados:
RIO BRANCO:
Kleber; Evandro, Carlos, Chicão e Mano; Merica, Paulo Henrique e Mundoca (Marcos Piauí); Vinicius, Palmiro (Pitiú) e Siqueira.
Técnico: Otacir Viana.

SÃO PAULO:
Gilberto Félix; Pavão, Nelson, Sérgio e Marcos Adriano; Suélio, Carlos Alberto e Pereira; Vaguinho, Cláudio e Amilton.
Técnico: Márcio Araújo.

  • Construído pelo Governo do Estado do Acre para a realização da maioria dos jogos do Campeonato Acreano de Futebol, a Arena da Floresta, um dos 5 estádios mais modernos do Brasil, foi inaugurado em 17 de Dezembro de 2006. Na ocasião foi disputada uma partida entre o Rio Branco Football Club e a Seleção Brasileira Sub-20 que estava em preparação para o Campeonato Sul-americano de 2007 no Paraguai, competição que conquistaria meses depois.
    O Brasil dispunha de diversas figuras hoje conhecidas no futebol Brasileiro, tais como: Muriel, goleiro do Internacional; Thiago Heleno, hoje no Figueirense; Carlinhos, lateral do Fluminense; Lucas, volante do Liverpool, e Willian, ex-Corinthians, e que hoje jogam no FC Anzhi da Rússia
    A partida terminou com a vitória do Rio Branco por 2 x 1. Os gols saíram a partir dos 15 minutos do primeiro tempo, quando Rogério Tarauacá recebeu passe de Luiz Rômulo e chutou na saída do goleiro Muriel. Logo em seguida, Thiago Heleno escorou de cabeça um cruzamento, empatando a partida. No segundo tempo, Neném lança para Luiz Rômulo, que dribla o goleiro Muriel para dar números finais ao jogo.
    O Rio Branco iniciou a partida com: Marcus Vinícius, Ley, Rael, Rangel e Esquerdinha; Ico, João Paulo, Luiz Rômulo, e Neném; Rogério Tarauacá e Doka Madureira. Já para a Seleção Brasileira sub-20 entraram: Muriel, Amaral, Thiago Heleno, Carlinhos, Roberto, Lucas, Leandro Lima, Willian, Edgar e Fabiano Oliveira.

JOGOS DO RIO BRANCO

TEMPORADA 2017
04/02 - 20h00 - C - 1x0 - Andirá-AC - (Amistoso)
15/02 - 23h30 - C - 1x0 - Figueirense-SC - (Copa do Brasil)
19/02 - 19h00 - C - 7x1 - Andirá-AC - (Estadual)
24/02 - 15h30 - F - 3x1 - Humaitá-AC - (Estadual)
01/03 - 20h30 - F - 0x2 - Gurupi-TO - (Copa do Brasil)
09/03 - 20h30 - C - 3x3 - Plácido de Castro-AC - (Estadual)
23/03 - 22h30 - C - 4x1 - Alto Acre-AC - (Estadual)
26/03 - 19h30 - F - 1x1 - Galvez-AC - (Estadual)
06/04 - 22h30 - F - 2x0 - Vasco-AC (Estadual)
09/04 - 19h30 - C - 2x1 - Atlético-AC - (Estadual)
15/04 - 20h30 - C - 2x0 - Vasco-AC - (Estadual)
19/04 - 18h30 - C - 5x2 - Humaitá-AC - (Estadual)
22/04 - 17h30 - C - 4x1 - Plácido de Castro-AC - (Estadual)
27/04 - 17h30 - C - 4x4 - Galvez-AC - (Estadual)

30/04 - 21h30 - C - 0x2 - Atlético-AC - (Estadual)
06/05 - 18h00 - C - 1x0 - Atlético-AC - (Estadual)
13/05 - 17h00 - F - 1x3 - Atlético-AC - (Estadual)
21/05 - 18h00 - C - 4x3 - São Raimundo-RR - (Série D)
28/05 - 18h00 - F - 1x0 - São Francisco-PA - (Série D)
04/06 - 19h00 - F - 2x1 - Genus-RO - (Série D)
11/06 - 18h00 - C - 3x1 - Genus-RO - (Série D)
18/06 - 18h00 - C - 0x0 - São Francisco-PA - (Série D)
25/06 - 18h00 - F - 0x1 - São Raimundo-RR - (Série D)
09/07 - 16h00 - F - 0x2 - Maranhão-MA - (Série D)
16/07 - 19h00 - C - 1x1 - Maranhão-MA - (Série D)
 
Jogos: 24
Vitórias: 14
Empates: 5
Derrotas: 5
Gols pró: 51
Gols contra: 31
Saldo de gols: 20

ARTILHEIROS DA TEMPORADA 2017
9 Gols
Sandrinho
8 Gols
Araújo Jordão
5 Gols
Gustavo Xuxa
3 Gols
Adriano, Matheuzinho e Romário

2 Gols
Ancelmo Bessa, Leo Fernandes, Renato e Amarildo Ristof
1 Gol
Rodolfo Ferreira, Lucas Souza, Cris, Geovani, Lucas Rocha, Kassio, Dos Santos, Bruno Caprioli, Gabriel Braga e Graxa
 

19 de novembro de 2017

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA VASCO DA GAMA

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA VASCO DA GAMA

Vasco da Gama Acriano é um clube brasileiro de futebol da cidade de Rio Branco, no estado do Acre. É considerado um dos principais clubes de futebol do Acre, com um total de 4 conquistas estaduais. Seu uniforme é camisa branca com faixa diagonal preta, calção preto e meias brancas. Seu nome é em homenagem ao tradicional clube homônimo carioca, o Club de Regatas Vasco da Gama. Atualmente disputa a elite do Campeonato Acreano.

FICHA TÉCNICA

Nome: Associação Desportiva Vasco da Gama
Fundação: 28/06/1952
Idade: 65 anos
Cidade: Rio Branco
Estado: Acre
País: Brasil
Estádio: Florestão (Rio Branco)
Capacidade: 10.000
Mascote: Almirante Português
Presidente: Raimundo Nonato
Treinador: Renato Machado
Patrocinadores: Governo do Acre, Seara e Italac;
Uniforme: Camisa branca com listra em diagonal preta, calção branco e meias brancas;

TÍTULOS
{ 03 } Campeonato Acreano: 1965, 1999 e 2001;
{ 01 } Campeonato Acreano Série B: 2013;


JOGOS PELO CAMPEONATO ACREANO
TEMPORADA 2017
23/02 - 2x1 - Alto Acre
27/02 - 1x3 - Plácido de Castro
09/03 - 1x3 - Humaitá
21/03 - 2x1 - Galvez
30/03 - 1x2 - Atlético
06/04 - 0x2 - Rio Branco
09/04 - 4x0 - Andirá
15/04 - 0x2 - Rio Branco
20/04 - 2x7 - Galvez
24/04 - 1x2 - Humaitá
27/04 - 0x4 - Atlético
30/04 - 2x3 - Plácido de Castro
TEMPORADA 2016
21/02 - 0x1 - Atlético
27/02 - 0x0 - Plácido de Castro
06/03 - 1x2 - Galvez
13/03 - 0x5 - Rio Branco
19/03 - 4x1 - Amax
27/03 - 3x2 - Alto Acre
02/04 - 1x3 - Andirá
09/04 - 0x4 - Atlético
17/05 - 1x3 - Rio Branco
23/04 - 3x1 - Plácido de Castro
01/05 - 3x1 - Alto Acre
07/05 - 0x4 - Galvez
TEMPORADA 2015
01/03 - 2x4 - Galvez
08/03 - 0x2 - Náuas
22/03 - 2x3 - Rio Branco
25/03 - 2x3 - Alto Acre
05/04 - 0x3 - Atlético
08/04 - 3x2 - Plácido de Castro
12/04 - 2x3 - Amax
19/04 - 0x3 - Galvez
02/05 - 0x1 - Atlético
09/05 - 1x4 - Rio Branco
12/05 - 5x2 - Alto Acre
19/05 - 3x1 - Náuas
26/05 - 1x4 - Plácido de Castro
30/05 - 0x0 - Amax
TEMPORADA 2014
16/03 - 3x1 - Plácido de Castro
29/03 - 2x3 - Galvez
04/04 - 2x3 - Atlético
13/04 - 0x3 - Rio Branco
19/04 - 5x2 - Náuas
22/04 - 3x1 - Andirá
26/04 - 2x2 - Alto Acre
29/04 - 0x0 - Plácido de Castro
02/05 - 0x5 - Galvez
06/05 - 1x2 - Andirá
09/05 - 0x1 - Atlético
13/05 - 7x1 - Alto Acre
18/05 - 3x3 - Náuas
21/05 - 0x2 - Rio Branco
       


18 de novembro de 2017

PLÁCIDO DE CASTRO FUTEBOL CLUBE

PLÁCIDO DE CASTRO FUTEBOL CLUBE
Plácido de Castro Futebol Club é um clube poliesportivo brasileiro, sediado na cidade de Plácido de Castro, no estado do Acre. Suas cores são azul, vermelho, brancoe amarelo. Se tornou profissional apenas em 2008, quando o clube participou pela primeira vez de uma edição do Campeonato Acreano, ficando em terceiro lugar. Em 2011, o clube acabou ficando com o vice-campeonato estadual, garantindo assim uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.Mas em 2013, ganhou seu primeiro Campeonato Acreano de Futebol dando-lhe assim, o direito de participar novamente do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 - Série D e da Copa do Brasil de 2014.

HISTÓRIA
O Plácido de Castro foi fundado no dia 3 de Agosto de 1979. Inicialmente, o clube atuava à beira do amadorismo, ocasionalmente disputando amistosos contra seleções de municípios ou combinados locais. Em 1983, enfrentou pela primeira vez um clube de futebol profissional. O adversário foi a ADESG, em partida amistosa que terminou empatada em 1 a 1. A partir daí, o Plácido de Castro passou a disputar amistosos contra outras equipes profissionais, geralmente do Acre. Embora dificuldades financeiras, pouca projeção e pouca torcida o impedissem de participar do Campeonato Acreano, o Plácido de Castro participou de competições: em 1987 e 1988, participou das duas únicas edições da Liga Independente do Norte, colocando-se, respectivamente, em quarto e terceiro lugar. Na década de 1990, envolveu-se em alguns torneios com times de várzea e seleções municipais. 
PROFISSIONALIZAÇÃO
Somente em 2008 o Plácido de Castro se profissionalizou e participou, pela primeira vez na história, de uma edição do Campeonato Acreano. Em sua estréia, acabou na 3ª colocação da competição e teve o artilheiro da competição, Zico, com 9 gols. Em 2009, o Tigre do Abunã resolveu deixar o controle do clube para uma empresa esportiva, a Hinsoy Sports. A empresa levou diversos jogadores ao clube, juntamente com uma comissão técnica. Porém os resultados não foram os esperados, e o clube amargou a última colocação do estadual, com apenas 5 pontos em 9 jogos disputados. Encerrado o estadual, a parceria com a Hinsoy Sports foi desfeita. Em 2010, o Plácido entrou no estadual a fim de fugir do rebaixamento, já que em 2011 a Segunda Divisão do Campeonato Acreano seria retomada. Porém o time foi mais longe e conseguiu uma das vagas para as semifinais do torneio. Porém, por escalar irregularmente o volante Jeferson Paulista no último jogo da primeira fase (o jogador estava suspenso por 3 cartões amarelos), o Plácido de Castro acabou sendo punido com a perca de 6 pontos e acabou ficando de fora da segunda fase do estadual, ficando ainda em 6º lugar. 
PRIMEIRA DECISÃO
O ano de 2011 entrou na história do Plácido de Castro. O ano começou com o Campeonato Acreano, onde o Tigre da Fronteira esperava não repetir as infantilidades do ano anterior e finalmente garantir a vaga para a segunda fase. Não começou bem o campeonato, onde perdeu por 1x0 para o Alto Acre FC na estréia e empatou com o AC Juventus por 0x0 na segunda rodada. Na terceira rodada, o clube se encontrou e aplicou 7x0 no tradicional Independência. Porém, durante a primeira fase, o time alternou entre altos e baixos, conquistando excelentes resultados, como a vitória sobre o Rio Branco por 3x2 e sobre o Náuas por 4x1, em plena Arena do Juruá, mas perdendo jogos considerados fáceis, como para a ADESG por 2x0. Mesmo assim o clube garantiu a classificação para as semifinais, conquistando o 4º lugar. Na segunda fase, o Plácido enfrentaria o favorito Atlético Acreano, que tinha sido o 1º colocado na primeira fase e vencido o Tigre nos 2 confrontos que tiveram (1x0 no primeiro turno e 2x1 no segundo). Todos apontavam como vitória certa do Galo Carijó. Mas o Tigre do Abunã mostrou-se valente e acabou derrotando o Atlético Acreano (4x3 e 0x0) e se classificando pela primeira vez para a grande final do estadual, para o delírio de sua fanática torcida. Na grande final, o Plácido de Castro tinha pela frente o poderoso Rio Branco Football Club, maior clube acreano, com 40 títulos estaduais. Na primeira partida, o Plácido conseguiu um empate heroico no último minuto de jogo (1x1), levando a decisão para o segundo jogo. Na segunda partida, a população de Plácido de Castro se moveu inteira para apoiar o clube. Mais de 4 mil placidianos viajaram 100km até Rio Branco para assistir a grande decisão. A festa foi enorme, mas não foi o suficiente para a conquista do título. Logo aos 5 minutos de jogo, o Rio Branco abria o placar e Juliano César marcava o único gol da partida, fazendo o Rio Branco Football Club bicampeão acreano, diante de mais de 8 mil espectadores. Como o Rio Branco está na Série C do Campeonato Brasileiro, a vaga na Série D do Brasileirão acabou ficando com o Plácido de Castro, vice-campeão acreano. 
PRIMEIRA COMPETIÇÃO NACIONAL
Com o vice-campeonato, o Plácido de Castro acabou conquistando a única vaga do Acre na Série D do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vez na história que o clube participou de uma competição nacional. Para a disputa do torneio, o Tigre da Fronteira contratou destaques do Campeonato Acriano, como o zagueiro Iésley, ex-Atlético Acreano, o atacante Leonardo e o lateral esquerdo Uilian, ambos ex-Rio Branco; além do meia Renatinho, ex-Atlético-GO. O clube fechou uma parceria com o Governo do Estado do Acre e com o Banco BMG, para custear as despesas e reforçar o elenco. O Tigre do Abunã esteve no Grupo 1A, junto com Cuiabá-MT, Nacional-AM, Penarol-AM e Vila Aurora-MT, ficando em 3º colocado do grupo, com 12 pontos, sendo eliminado e terminando em 21º colocado geral da competição. 
GOLEADA HISTÓRICA
O Plácido de Castro entrou na história da Série D. No dia 10 de Setembro, em confronto válido pela penúltima rodada da primeira fase, o Tigre do Abunã goleou o Vila Aurora por 9x1 na Arena da Floresta, em Rio Branco. Os gols foram marcados por Araújo (3), Klei (2), Batista (2), Wellington e Danilo Mendes, todos pelo Plácido, enquanto que Elieser fez o gol de honra para os visitantes. Até o momento, o Plácido de Castro ainda tinha chances de se classificar para a 2ª fase da competição. Entretanto, ao mesmo tempo em que goleava, o time viu as chances de classificação se esgotarem devido ao Cuiabá vencer o Nacional por 3x1, em Manaus, no mesmo horário, fazendo um maior número de pontos que o Tigre do Abunã, o impedindo de alcançá-lo, já que era a última partida da equipe acreana. Esta é a maior goleada da história da Série D e a maior goleada do ano de 2011 do Campeonato Brasileiro.

PRIMEIRO TÍTULO
O Plácido se tornou campeão acreano em 2013 ao bater o Rio Branco. Com isso a cidade de Plácido de Castro se tornou a segunda cidade, fora a capital Rio Branco, a ter um time campeão estadual.

SÉRIE D - 2013
 No Campeonato Brasileiro Série D desse ano, o Tigre do Abunã surpreendeu quase conseguindo uma vaga na Série C. Jogando o primeiro jogo em casa, empatou em 1 a 1. Mas, infelizmente perdendo o jogo de volta para o Salgueiro de Pernambuco por 3 a 1, ficou pelo caminho. Com isso terminou a competição com a 8ª colocação, a segunda melhor participação da História de um time acriano na 4ª divisão.

FICHA TÉCNICA

Nome: Plácido de Castro Futebol Clube
Fundação: 03/08/1979
Idade: 38 anos
Cidade: Plácido de Castro
Estado: Ácre
País: Brasil
Estádio: Ferreirão (Plácido de Castro) e Florestão (Rio Branco)
Capacidade: 3.000
Presidente: Rafaela Escalante Marçal
Treinado: Faísca
Patrocinadores: MANUTATA S.A., MAZZUIA.COM e Rensoftware;
Material Esportivo: Tubarão Sports
Ranking Nacional: 99º Lugar (497 pontos)


TÍTULOS
{ 01 } Campeonato Acreano: 2013;

TÍTULOS - CATEGORIA DE BASE
{ 01 } Campeonato Acreano SUB-20: 2007;
{ 01 } Campeonato Acreano Pré-mirim: 2009;
 


JOGOS PELO CAMPEONATO ACREANO
TEMPORADA - 2017
23/02 - 3x2 - Galvez
27/02 - 3x1 - Vasco
09/03 - 3x3 - Rio Branco
21/03 - 0x3 - Atlético
26/03 - 3x2 - Andirá
02/04 - 1x3 - Humaitá
13/04 - 4x0 - Alto Acre
16/04 - 1x0 - Galvez
19/04 - 0x2 - Atlético
22/04 - 1x4 - Rio Branco
27/04 - 3x2 - Humaitá
30/04 - 3x2 - Vasco 
TEMPORADA - 2016
21/02 - 2x1 - Amax
27/02 - 0x0 - Vasco
06/03 - 0x0 - Andirá
13/03 - 0x2 - Alto Acre
19/03 - 1x5 - Atlético
27/03 - 0x3 - Rio Branco
03/04 - 1x4 - Galvez
10/04 - 1x0 - Rio Branco
16/04 - 0x5 - Galvez
23/04 - 1x3 - Vasco
30/04 - 1x3 - Atlético
07/05 - 1x2 - Alto Acre 
TEMPORADA - 2015
15/03 - 1x0 - Rio Branco
12/03 - 0x2 - Galvez
18/03 - 1x0 - Alto Acre
29/03 - 0x0 - Náuas
02/04 - 1x0 - Amax
05/04 - 2x3 - Vasco
12/04 - 0x1 - Atlético
25/04 - 2x5 - Rio Branco
28/04 - 3x0 - Amax
02/05 - 4x2 - Alto Acre
16/05 - 4x1 - Náuas
19/05 - 1x1 - Galvez
26/05 - 4x1 - Vasco
02/06 - 0x3 - Atlético
13/06 - 0x2 - Rio Branco
16/06 - 1x2 - Rio Branco 
TEMPORADA - 2014
16/03 - 1x3 - Vasco
23/03 - 5x1 - Andirá
28/03 - 4x0 - Náuas
06/04 - 2x1 - Galvez
15/04 - 0x1 - Atlético
20/04 - 0x1 - Rio Branco
22/04 - 2x1 - Alto Acre
27/04 - 2x3 - Atlético
29/04 - 0x0 - Vasco
02/05 - 2x0 - Andirá
06/05 - 4x0 - Galvez
18/05 - 1x0 - Rio Branco
25/05 - 4x0 - Alto Acre
29/05 - 1x2 - Náuas
01/06 - 0x1 - Rio Branco
04/06 - 1x1 - Rio Branco